terça-feira, 16 de janeiro de 2018




E ao fim do meu dia
 a matéria de que se faz a minha vida 
de novo abandonada 
de novo de novo abandonada
 pergunta-me silenciosa
 se ao apagar da luz 
a vida terá princípio. 






 Pedro Tamen

domingo, 14 de janeiro de 2018




nunca lhe aconteceu nada de grande, viveu o que toda a gente viveu. 
Se lhe perguntassem da paixão, responderia espantada que o amor desvia os olhos dos nomes, volta-se para a janela:

 - toda a vida o mesmo céu, este, contra o qual envelheço. 






 Rui Nunes

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018




Então fechava os olhos para só haver noite
 e ouvir o sopro do sonho
 na luz imperfeita. 






 José Gomes Ferreira
(Foto de Mariam Sitchinava)

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

treze




Existiu e não é. 
Os retratos amarelecem ao fundo da gaveta. 






 Rui Knopfli
 (Foto de Nishe)

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018




Como as gaivotas 
 Atravessando o temporal
 aprendemos a planar. 
Sobrevoar a vida
 para avançar usando 
a violência do vento. 
Tal como as gaivotas. 







 Joan Margarit

terça-feira, 9 de janeiro de 2018




Janeiro não é mês para morrer, 
nem o mar nem a luz são
 propícios - parece que vai nevar 
Mesmo assim, tu decidiste 
que seria a última, esta tarde: 
vias uma criança escalar o muro
 do verão, e sorrias - há muito tempo. 






 Eugénio de Andrade